quinta-feira, 25 de julho de 2013

O BOM COMBATE NA ALMA GENEROSA - Parte II

Nota do blogue: Acompanhe esse especial AQUI.

O BOM COMBATE 
NA
ALMA GENEROSA

Missionárias de Jesus Crucificado de Campinas



Jesus Crucificado pela Sua infinita misericórdia deu-me a compreender que há na vida espiritual um grande erro. Disse-me Ele que há uma peste que está devastando Sua Santa Igreja, e está fazendo tanto mal, que faz com que os frutos sejam muito poucos. Esta peste das almas chama-se piedade mal compreendida.

Disse-me Jesus que certas almas, em número bem avultado, procuram o caminho que leva à montanha santa do Calvário, (pois, sem subir esta montanha ninguém poderá se santificar) mas, o que acontece é o seguinte: Começam a subir, o logo se enveredam por outros caminhos, a procurar cruzes a seu belo prazer, mas quando se trata de sofrer o que o bom Deus lhes manda, ah! então fogem espavoridas, dizendo que não podem suportar tamanha cruz! E porque acontece isto? Ah! Eu bem o sei, pois Jesus Crucificado me fez compreender. É por falta de conhecimento de quem é Deus, pois Ele disse: Eu sou o caminho que deveis seguir, Eu sou a verdade que é preciso crer; preciso é então que sigamos Suas pisadas. Porque então, almas queridas, não aceitais com alegria o que o bom Mestre vos envia? Pois se Ele é a verdade que precisamos crer. Porque então não cremos e não pomos em prática o que Ele disse. Todo aquele que me quiser seguir, tome sua cruz. E disse mais: Todos que me quiserem seguir sofrerão contradição! Porque, então, alma querida, não pões em prática estas máximas do Santo Evangelho?! 

Ó falta de fé! Ó piedade mal compreendida! Queremos viver sem cruzes e fabricamos pelas próprias mãos cruzes, que tanto nos fazem sofrer e que pouco agradam a Jesus Crucificado. Em vez de fabricá-las, aceitemos com generosidade o que o Bom Deus se digna enviar-nos cada dia, e não sejamos as cruzes de nossos Diretores, e, até mais, do próprio Jesus Cristo! Ah! razão tem o Divino Salvador de se queixar amargamente, e de dizer que isto é uma peste que está devastando Sua Santa Igreja. Sim, quantas almas boas, por má compreensão da vida piedosa, não adiantam na virtude, levam uma vida penosa e sem merecimento algum! Estas almas, ainda não chegaram a compreender o valor do sofrimento e a bondade de Jesus; sim, porque a alma quando chega a compreender que a cruz é um presente preciosíssimo, a aceita com alegria, por amor de Jesus. Nisto, ha muito que desejar. Certas amam a Jesus, entregam-se sem reserva a Seu Divino Coração, mas logo o escrúpulo — pode-se dizer — a má compreensão que têm de seu Deus. e aí começam a enxergar o que não existe, fazendo de Jesus um carrasco! Ah! estas almas, Jesus as convida a olhá-lo no alto da cruz, quando disse ao bom ladrão: “Hoje estarás comigo no Paraíso.” 

Porque tanta cegueira, alma piedosa? Não vês Jesus com os braços estendidos, dizendo a Seu Pai Eterno: Pai, perdoai-lhes que não sabem o que fazem? Porque tu, ó alma, duvidas assim de teu Deus? Não sabes que duvidar de Deus é a maior ofensa, que se pode fazer a Ele que, por nosso amor, morreu crucificado?! 

Ah! bem disse Jesus: os homens não me conhecem, pois se todos me conhecessem procederiam de outra forma. Sim, eu vos digo o mesmo, almas que vos entregais sem reserva a viver da vida de Jesus Cristo: Se vós conheces seis a Jesus Cristo não pensaríeis dessa forma, não serieis vossas cruzes e as cruzes daqueles que vos dirigem! O bom Deus disse-me mais, que não há mais almas contemplativas, porque a peste do escrúpulo não deixa estes corações darem frutos. Na verdade, como uma alma pode contemplar, se vive perturbada, inquieta, com medo de seu Deus, e se procura cada dia uma idéia para se martirizar!

Naturalmente que estas almas não podem subir os degraus da contemplação, onde o bom Deus a todos mostra as riquezas imensas de seu coração Divino.

3-1-1930.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...