segunda-feira, 15 de julho de 2013

Catecismo do Padre Spirago - Parte 15

Nota do blogue: Acompanhe essa transcrição AQUI.



A Santíssima Trindade
Deus e suas criaturas (4)


Que é a Santíssima Trindade?

A Santíssima Trindade é o Deus uno em três pessoas. No raio do sol há luz de três cores diferentes. Revelaram-se as três pessoas divinas no batismo de Jesus. É perfeitamente adequada a palavra “Trindade”.

Como se chamam as três pessoas divinas?

As três pessoas divinas chamam-se: Pai, Filho e Espírito Santo.

Por que chamamos esta verdade de mistério?

Chamamos esta verdade de mistério, porque não é compreensível à nossa inteligência.

1) Quem quisesse desvendar este mistério, acontecer-lhe-ia como a quem fixasse o sol. Contam, que, estando na praia a encher d’água do mar umas covinhas feitas na areia, um menino dissera a Sto. Agostinho: “Antes consigo eu transportar o mar todo para dentro desta cova do que tu consegues desvendar o mistério da santíssima Trindade”. Jamais chegará a compreender a Deus quem não for o próprio Deus. 2) Contudo, não é por nos ser incompreensível que alguma afirmação há de ser insensata. Do contrário, seria igualmente insensato que alguém, depois de observar o microscópio uma gota de água, viesse dizer que nela existem milhares e milhares de seres vivos. 3) O mistério da santíssima Trindade tão pouco encerra contradição; não se diz nele que três pessoas são uma pessoa, nem que uma natureza são três naturezas. 4) Há na natureza várias analogias a santíssima Trindade. O raio luminoso, claro, encerra luz de três cores. A água pode ser corpo sólido, liquido e gasoso. O espírito têm inteligência, vontade e memória.

O que as três pessoas divinas têm em comum?

As três pessoas divinas têm em comum: a natureza, os atributos e as operações.

Resultam daí os seguintes corolários: 1) Há uma só natureza divina, ou seja, um só Deus, e não três deuses. As três pessoas, se bem que não sejam as mesmas, são, contudo, o mesmo ser. 2) Cada pessoa é eterna, onisciente, onipotente, etc. Quando Cristo diz que “o Pai é maior” do que ele, fala de si mesmo como homem. 3) A criação, redenção e santificação, são cada qual obra das três pessoas juntas.

Em que se distinguem as três pessoas divinas?

As três pessoas divinas distinguem-se no seguinte: o Pai procede de pessoa nenhuma; o Filho, porém, procede do Pai, e o Espírito Santo de ambos simultaneamente.

Sirva de comparação a árvore: da raiz provém o tronco, e de ambos provém o fruto. Para designar a origem, diz-se: O Pai é a primeira, Filho é a segunda e o Espírito Santo é a terceira pessoa.

Por onde sabemos do mistério da Santíssima Trindade?

Sabemos do mistério da Santíssima Trindade pelas palavras ditas por Jesus Cristo aos apóstolos antes da ascensão:

Disse-lhes Jesus: “Ide, ensinai todos os povos e batizai-os em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo!”. Já no Antigo Testamento insinuava-se este mistério. Assim, p. ex. disse Deus: “Façamos o homem”. Os serafins cantavam os “três vezes Santo”. Os sacerdotes judaicos invocavam três vezes o nome de Deus ao abençoarem o povo.

Com que é que professamos nossa fé na Santíssima Trindade?

Professamos nossa fé na Santíssima Trindade com o sinal da cruz.

A Igreja usa muito a doxologia: “Gloria ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo. Assim como era no princípio, agora e sempre, e por todos os séculos dos séculos. Amem.”
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...