quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Catecismo do Padre Spirago - Parte 34

Nota do blogue: Acompanhe essa transcrição AQUI.

Os novíssimos (1)

Que são os novíssimos?
Os novíssimos são: 1) a morte; 2) o juízo particular; 3) o Céu; 4) o inferno; 5) o purgatório; 6) o fim do mundo; 7) a ressurreição dos mortos. 8) o juízo final.

A morte

Que é a morte?

A morte é a separação da alma do corpo.

Assim como a máquina para logo que deixa de evadir o vapor, também o corpo morre assim que a alma, esse sopro divino, se separa. O corpo torna-se terra, do quê foi feito; alma, porém, volta para Deus, que a insuflara no corpo.

Termos de morrer é culpa de que?

É culpa do pecado original o termos de morrer.

Imediatamente depois do pecado, Deus ordenou a morte a Adão. Veja no nº 89. O homem queria ser igual a Deus; por isso a morte vem humilhá-lo terrivelmente. A soberba conduz à queda.

Por que a morte não é verdadeiramente um mal?

A morte não é verdadeiramente um mal, porque nos abre o caminho ao Céu e porque um dia tornaremos a ressurgir.

1) Os pagãos consideravam a morte um mal, e, por essa razão, haviam as carpideiras nos enterros pagãos. Os cristãos piedosos, porém, sabem que com a morte nada perdem, somente lucram, pois, pela morte chegam ao gozo das alegrias celestiais.

2) A morte, para nós, não passa de um sono, pois ressuscitaremos.

3) A morte somente é terrível para o pecador, porque o lança no castigo eterno.

Por que Deus não nos deixa conhecer a hora de nossa morte?

Deus não nos deixa conhecer a hora de nossa morte, para que sempre estejamos preparados para ela.

Se os homens soubessem a hora da morte, muitos deixariam a conversão para o último momento; outros ficariam desesperados ao se aproximarem dela. Ela vem como um ladrão: nunca avisa. Por isso Jesus Cristo diz: “Estai, portanto, preparados: porque o Filho do Homem virá numa hora que ignorais”.

Quem é que tem morte feliz?

Morte feliz tem aquele que morre sem pecado mortal.

1) Muitos néscios pensam que morre bem quem morre logo. Entretanto não é desejável uma morte assim, por isso rezamos na ladainha: “Da morte repentina e imprevista – livrai-nos, Senhor!”. Em melhores condições morre quem teve tempo de receber os sacramentos e regularizar os negócios de sua vida, porque ao morrer tem mais sossego e abrevia sua purgação.

2) Para morrermos bem, peçamos diariamente a Deus uma boa hora da morte. Por isso é que a Igreja acrescenta as últimas palavras à saudação angélica. É muito recomendável rezar a S. José, padroeiro dos moribundos.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...