sexta-feira, 31 de maio de 2013

Exercícios Espirituais para Crianças - Fim do homem (Segunda parte)

Acompanhe esse Especial AQUI.
Fr. Manuel Sancho, 
Exercícios Espirituais para Crianças
1955

PARTE PRIMEIRA
A conversão da vida do pecado à vida da graça
(Vida Purgativa. — 1.ª semana)


2. — Além disto, Deus é a vossa recompensa. Já vistes os trabalhadores como trabalham, com que afã, com que afinco? Por que assim trabalham? Pela recompensa que esperam. Depois do trabalho, estendem com dignidade a mão calosa, e lhes são dadas algumas notas ou moedas que significam bem-estar, alimento, roupa. Se a esses trabalhadores, em vez de lhes prometerem poucas moedas ou notas por dia, lhes prometessem uma diária cada vez maior, e, ao cabo de alguns anos, lhes dessem grandes propriedades que formassem um condado, e o título de conde por conseguinte, com que ânimo não trabalhariam eles! quantos sacrifícios não se imporiam para alcançarem tamanha ventura!

Pois bem: ao homem, à criança, Deus promete maior salário por servirem a Ele do que o diabo o promete aos seus, e promete no fim o reino dos céus, que é a posse do próprio Deus em eterno amplexo; e promete-o se O servirmos como bons trabalhadores da virtude. E, assim como aos operários de que vos falei o amo promete, além do condado final, maior salário cada dia, assim também Deus dá graças continuadas a quem O serve, as quais são salários adiantados para a vida eterna. Haverá quem se negue a servir a Deus nesta vida, já que há de gozar na outra, além de receber de antemão, na vida presente, riquezas espirituais, que são graças e virtudes? É preciso, pois, que sirvais a Deus nesta vida porque no fim dela virá o prêmio, o céu.

Durante o vosso curso de estudos, ficais de olhos vermelhos estudando, e, custe o que custar, aprendeis cada dia as vossas lições. Por quê? Porque no fim do curso...

Olhai aquela mesa onde está a presidência da cerimônia de distribuição dos prêmios. Preside o professor ou o Padre Diretor, e, com ele, pessoas de destaque. Os alunos trazem roupas alinhadas, novinhas. Há um pouco de música e declamação de versos. Boa coisa! E que significa tanto aparato? É uma distribuição de prêmios: ganharam-nos os alunos com a sua aplicação. Vede como coroam um com uma coroa de louros, outro com a faixa de mérito, outros com medalhas de diversas classes, outros com livros de contos, etc.! São os prêmios ou recompensas que eles recebem pelo seu tra­balho durante o curso.

Pois bem, meus filhos, a vida é o tempo de curso, o tempo de trabalhar e de fazer méritos para a glória. Chegará a morte e, depois da morte, o exame final do curso. Estarão na presidência Deus e a SS. Virgem e S. José e os anjos e santos. E Deus dirá ao menino: — “Que fizeste?” E o menino responderá: “Meu Jesus, fui um pouco mau, porém me arrependi; aproveitei aquela exortação que aquele Padre nos dirigiu, quando nos dizia que Vós sois o nosso fim, e me confessei bem depois daqueles Exercícios; e cumpri meus deveres, sendo obediente e estudioso, e fui puro como um anjo. — “Eu, dirá a menina boa, te amei, meu Deus, e comunguei todo dia, e me corrigi dos meus defeitos”.

Então Jesus dirá:

Vinde, benditos de meu Pai, vinde, meninos, vinde, meninas, possuir o reino que vos está preparado desde a eternidade. — E o menino bom e a menina boa entrarão na posse de Deus, que é o seu fim, que é a sua recompensa.

Mas, se Deus é a vossa recompensa, como então desde agora não prometeis entregar-Vos de todo ao Seu serviço? Sim, meios filhos, desde agora ides ser todos de Deus, vosso fim e vossa recompensa.

continuará...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...