sábado, 4 de janeiro de 2014

MÃE E FILHO

Por Teodomiro Tadeu Viana Franco


Sonetos de Madre Maria José de Jesus
carmelita descalça

Ó Mãe tão ternamente dolorida, 
 — Virgem sacerdotal — aos pés da Cruz, 
 Sentes que se Te acaba e finda a vida 
 Porque se finda e acaba a de Jesus.

A terra toda em trevas envolvida[1]
 Dá testemunho que Ele é a Eterna Luz... 
 Em Tua alma se rasga uma ferida 
 Que a do Lado de Cristo reproduz.

É Teu sangue esse sangue, 
ó Mãe, que desce Da Cruz e que na Missa se oferece 
 Numa oblação que sempre há de durar. . .

Bendita, — Ó Mãe divinamente doce, — 
 Tu Maternidade, que nos trouxe 
 A Cruz e a Missa, o Gólgota e o Altar!

21-11-1945

[l] Mat. XXVII, 45.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...