quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Pensamento da noite de 26/12/2013


Saúde dos enfermos.
Este meu corpo, ó minha Mãe, sofrendo sempre, 
esta minha alma tão sensível, tão mutável...

Que seria de nós se, logo no instante da derrota, não chegasses,
como um bálsamo, como uma almofada de nardos tão cheirosos,
como infalível medicina, que seria de nós?

Tu te multiplicas junto a todos! 
Estás com o que tem o corpo torturado e ao mesmo tempo
com o que tem o coração semelhante à andorinha atormentada pelo vendaval!
- Na febre és como o cântaro d'água muito fresca,
como a pedrinha de gelo em nossos lábios.
- Na dor és como um sono misericordioso, 
és como a resignação que tudo suaviza!

Santa doutora nossa,
quantas maravilhas Tu consegues,
com a Tua presença invisível junto a nós!

Vem! mas não Te afastes, celestial doutora.
Sê nosso alívio, nosso consolo, nossa ressurreição!

(Loores de Nuestra Señora, Juana Ibarbourou)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...