quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

A ÁGUIA DIVINA

Por Teodomiro Tadeu Viana Franco


Sonetos de Madre Maria José de Jesus
carmelita descalça

Sobe, sobe bem alto a águia possante, 
 Ébria de ar e de luz, na hora da calma; 
 E, fitando de cheio o sol radiante, 
 As longas asas na amplidão espalma.

Assim — braços abertos, fascinante, 
 Como brandindo da vitória a palma, 
— Fitas o Pai, na Cruz agonizante, 
 E o mundo salvas, Cristo, alma por alma.

Ao voo, ó meu Jesus, provoca e incita 
 Os que vivem de ti enamorados, 
 Pois filhotes são teus, Águia bendita!

Da Cruz a tua destra nos abrace
 E nos leve a fitar — crucificados — 
O Eterno Sol, que fitas face a face.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...