segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

CARIDADE

Por Teodomiro Tadeu Viana Franco


Sonetos de Madre Maria José de Jesus
carmelita descalça

Eu Te amo ó Deus... Num lúgubre cenário,
Morres, Senhor, no altar sanguinolento
Da Cruz... E o homem revive — no momento
Em que por ele expiras no Calvário. ..

Eu Te amo...À luz do gótico santuário,
Um Padre Te ergue ao Céu no Sacramento;
Dá-Te aos fiéis em místico alimento,
E de novo Te encerra no sacrário...
Ó prodígios do amor mais fino e terno!
Ó voragem que chama outra voragem!1
Porque me amas eu Te amo, ó Deus Eterno!

Sim, eu Te amo... Por Ti meu sangue corra!
Por Teu amor, pelo homem — Tua imagem —
Eu lide, eu pene, eu sofra, eu viva, eu morra!...
23-11-1920
1 Sal.XLI,9.  

         
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...