sábado, 3 de julho de 2010

Do santo sacrifício da Missa

Do santo sacrifício da Missa


A Eucaristia deve-se considerar somente como sacramento?

Não; a Eucaristia é também o sacrifício permanente da nova lei que Jesus Cristo deixou à sua Igreja, para ser oferecido a Deus por meio dos sacerdotes.

Como se chama este sacrifício da nova lei?

Este sacrifício da nova lei chama-se o sacrifício da Missa.

Que é a Missa?

A Missa é o sacrifício incruento da corpo e do sangue de Jesus Cristo, oferecido sobre os nossos altares, debaixo das espécies de pão e de vinho, em memória do sacrifício da Cruz.

Quem instituiu o sacrifício da Missa?

O sacrifício da Missa foi instituído pelo próprio Jesus Cristo, quando instituiu o sacramento da Eucaristia na noite antes de Sua paixão.

A quem se oferece o sacrifício da Missa?

O sacrifício da Missa se oferece a Deus somente.

Para que fins se oferece a Deus o sacrifício da Missa?

O sacrifício da Missa se oferece a Deus para quatro fins:

Para honrar a Deus;

Para dar-Lhe graças pelos benefícios recebidos.

Para aplacá-lO e dar-Lhe satisfação pelos nossos pecados;

Para obter todas as graças que nos são necessárias.

Por quem se oferece o sacrifício da Missa?

O sacrifício da Missa se oferece por todos os homens, principalmente pelos fiéis e pelas almas que se acham no purgatório.

O sacrifício da Missa aproveita às almas dos purgatório?

Sim; o sacrifício da Missa aproveita às almas do purgatório, aliviando e abreviando os seus sofrimentos.

É coisa útil ouvir Missa todos os dias?

Sim; é coisa utilíssima, se bem que não seja isso obrigatório.

Como se deve ouvir a Missa?

Deve-se ouvir a Missa inteira, com devoção, pensando em Deus e na paixão de Jesus Cristo ou rezando devotas orações.

(2º Catecismo da doutrina cristã)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...