terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Por que numa manjedoura?

Por São João de Ávila, Sermão de Natal. 
Pregado no dia de Santo Estevão (26 de dezembro)


E o reclinou numa manjedoura (Lc 2, 7).


Por que numa manjedoura? Precisamos da luz de Deus para compreendê-lo. 

Minha Mãe, mais terna que todas as mães, por que tiraste o Menino dos Vossos braços e O colocaste na manjedoura? Não vês que aí não há almofadas? Senhora, não estava mais quente e mais aconchegante nos Vossos braços do que na dura manjedoura? Então por que O colocaste aí? Porque não havia lugar para eles na estalagem (Lc 2, 7). Que condenação das minhas riquezas, dos meus prazeres e dos meus desvarios! 

Senhor, Vós que dais morada aos homens e ninhos às aves, Vós que a todos recebeis, não tendes um lugar para Vós mesmo? Se não havia lugar na hospedaria, não haveria lugar no Vosso regaço, Senhora? Vós valeis mais que os palácios, que os homens e os anjos; mais contente está Ele nos Vossos braços do que em palácios ou mesmo nos céus. Não havia lugar no Vosso colo? Dizei-nos, pelo amor que tens ao Vosso Filho, por que O tirastes do Vosso regaço e O colocaste na manjedoura.

Grave-se isto nos vossos corações: tudo o que a Virgem Maria fez com o Seu Filho foi por graça e iluminação do Espírito Santo. Assim como o concebeu pelo Espírito Santo, assim também aprendeu d'Ele a cuidar do Seu Filho. Essa mesma graça nos é necessária, tanto para que Cristo entre nas nossas almas como para que possamos conservá-lO e não O percamos. Mas continuamos a perguntar: Senhora, por que o tiraste dos Vossos braços e O colocaste na manjedoura? 

Para me curar. 

O próprio Filho, pela ação do Espírito Santo, A inspirou a colocá-lO na manjedoura. E já que foi Ele quem A inspirou, perguntemos-Lhe: - "Por que quereis, Menino, sair dos braços da Vossa Mãe e colocar-Vos na manjedoura?" - "Para dar uma grande bofetada na vossa tibieza e frouxidão!"

Não o fez sem causa, e praza a Deus que, tendo agido assim, alcance de nós o que deseja. - "Senhor, por que na manjedoura?" - "Porque Adão, ao pecar, foi jogado no lugar dos animais. O homem que vive da opulência e não reflete é semelhante ao gado que se abate (Sl 48, 21)". Seu criou este mundo para os animais e o paraíso terrestre para os homens. Adão pecou, e por isso vive no lugar dos animais. E porque este Menino veio pagar o mal que Adão cometera, sai do lugar onde estava tão feliz, o ventre de Sua Mãe bendita, e é desterrado para o lugar dos animais. 

Dizei-me: há lugar mais desprezível para um recém-nascido do que uma manjedoura e, depois de crescido, do que uma cruz? Senhor, sabíeis que o homem tem o coração empedernido, e por isso o Alto teve de descer tão baixo, a fim de dizer aos homens que eles se enganam ao procurar riquezas, honras e deleites na terra: "Ou Cristo está enganado" - diz São Bernardo - "ou os homens mentem e se enganam com as suas riquezas e deleites. Ora, é impossível que Cristo se engane, mas os homens enganam-se facilmente"* .

Como podes, homem regalado, continuar a viver entre molícies e deleites, vendo Cristo numa manjedoura?Não te envergonhas, tu que só buscas honrarias? Como podes suportá-lo? Se te lembrares de que Cristo está numa manjedoura, não sentirás vergonha de tanto te enalteceres neste mundo? Ele é o Filho muito amado de Deus Pai, mas quando nasce é numa manjedoura, quando morre é numa cruz! 

In Nativ. Domini sermo, 3, 1; ML 183, 123. 

Livro: O Mistério do Natal, São João de Ávila.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...