quinta-feira, 11 de março de 2010

HINO AO SOFRIMENTO (São Paulo da Cruz)

HINO AO SOFRIMENTO
(São Paulo da Cruz)


É na Cruz que o Santo Amor,
A alma amante purifica,
Quando, férvida, constante,
A Ele toda se dedica.

Quem me dera descrever,
O tesouro alto, divino,
Que encerrou no sofrimento,
O grande Deus, Uno e Trino!

Mas por ser grande segredo,
Só revelado ao amante,
De longe apenas o admiro,
Eu que sou pobre ignorante.

Quão feliz o coração,
Que na Cruz abandonado,
Se consome em santo amor,
Entre os amplexos do Amado!

Mais ainda é felizardo,
Quem no seu puro penar,
É em Cristo transformado,
Sem a sombra do gozar.

Oh! Feliz é quem padece,
Sem apego ao seu sofrer,
Pra mais amar Quem o fere,
Só buscando a si morrer!

Com Jesus à Cruz pregado,
Eu te dou esta lição,
Muito mais aprenderás,
Quando imerso na oração.

(São Paulo da Cruz, citado pelo Padre Luis Teresa de Jesus Agonizante, CP, in: O Caçador de Almas: Vida de São Paulo da Cruz, Editora O Calvário).

PS: Poesia recebida por e-mail.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...