sexta-feira, 12 de março de 2010

Exercícios variados

Exercícios variados


Logo que se acha de posse de suas capacidades físicas, a criança interessa-se por todos os objetos que lhe caem às mãos. Acusamo-las de ser uma "mexedora", ao invés de a ajudarmos a descobrir o uso dos objetos e sua possível utilização.

Quando ela se debruça sobre a janela, não será porque seus olhos sentem necessidade de exercitarem-se para ver e observar? Se imita todos os barulhos que ouve, não será para pôr em ação seu sentido auditivo e suas cordas vocais? Se pega um caderno para fazer garatujas, numa folha de papel, não será para treinar suas mãos e habituar-se a desenhar?

A propósito de todos esses exercícios, a criança tem necessidade de ser auxiliada e orientada. Entregue a si mesma, olhará sem procurar observar bem, produzirá sons sem descobrir-lhes a harmonia; rasbicará o papel sem jamais aprender a desenhar.

A função do educador consistirá em ensinar-lhe a observar, a descobrir o sentido de uma imagem, obrigando-a a aprender os detalhes, para recolocá-los no conjunto e destacando a harmonia dos gestos e das cores. Ele ajudará o educando a compreender as diferentes notas dos sinos ou as nuanças do canto dos pássaros e a educar seu "ouvido"; a fazer um belo círculo ou a traçar bem uma linha reta, para "adestrar-lhe a mão" e desenvolver a habilidade dos dedos.

(Excertos do livro: Pequeno tratado de pedagogia - Cônego J.Viollet)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...