terça-feira, 13 de setembro de 2011

PENSAMENTO DO DIA (13/09/2011)

PENSAMENTO DO DIA
(13/09/2011)


Uma das horas mais preciosas e mais doces da vida é a da oração da manhã: eu não me refiro somente a oração vocal; quero, sobretudo, dizer a oração da união com Deus, o silêncio e o repouso da alma n’Ele; falo da abertura da bica da alma, que aspira um leite divino, que bebe a luz e o amor, que nada diz, e que se esconde no seio da mãe por excelência, da mãe que se chama Deus, e que tão poucos cristãos conhecem! Os meum aperui et attraxi spiritum. (Ps. CXVIII, 131)

Ah! Se conhecêsseis o dom de Deus que se apelida o amor da manhã! Si scires donum Dei (Joann. IV 10)!

Há uma frescura, uma suavidade, uma energia, uma paz que vêm diretamente de Deus. Quando se está sobre as montanhas, no verão, às três horas da manhã, e os primeiros raios do sol aparecem, parece que nos chegam mais límpidos, pois não têm passado por outros peitos; é como a mais pura essência do astro, que entra em nós; o mesmo acontece com a união a Deus, na hora em que quase todos os homens dormem. Sobre as montanhas divinas, a alma tem as primícias dos favores celestes; enche-se de luz, de amor, de força, donde lhe resulta para todo o dia uma dulcíssima embriaguez, que, longe de enfraquecê-la, dá mais firmeza aos nossos pensamentos e às nossas ações, e derrama um perfume de alegria sobre todas as nossas obras. 

(Monsenhor Landriot, A mulher forte)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...