sexta-feira, 29 de outubro de 2010

É mais fácil seguir o mundo do que subir o Calvário

É mais fácil seguir o mundo do que subir o Calvário


As pessoas de nosso tempo, em sua grande maioria, buscam a facilidade e a comodidade.

Propor a elas enfrentar obstáculos, escalar montanhas, é correr o risco de ganhar inimigos. Por outro lado a sugestão para diversões, coisas agradáveis é algo que facilmente se aceita. Quase todos querem vantagens. Quase todos fogem da luta, da dificuldade, do obstáculo.

Não foi esse porém o ensinamento de Nosso Senhor. Entre a porta larga e a estreita, Ele mandou que entrássemos pela estreita, pois o largo é o caminho que conduz a perdição.

Ademais disso colocou como condição para ser Seu discípulo, renunciar a si mesmo e tomar sua Cruz, e segui-lO, ou seja, a lógica do Evangelho de Nosso Senhor e diametralmente oposta a lógica do mundo.

Este busca decair nas facilidades, Nosso Senhor nos convida a subir o Calvário, carregando nossa Cruz. O mundo propõe aplausos para a fama, os prazeres, as riquezas; Nosso Senhor foi a frente e carregou a Cruz para mostrar que esse é o caminho para a salvação e a santidade. Quem, pois, coloca seu objetivo no sucesso, no aplauso do mundo, nos holofotes da fama, não está nos caminhos de Nosso Senhor.

O caminho de Nosso Senhor foi e é a subida do Calvário. Subida difícil, subida árdua e penosa, mas também gloriosa e bela. Subida que é para os heróis da Fé e que foi percorrida, nesses dois mil anos de catolicismo, pelos santos, fossem eles mártires jogados aos leões, cruzados enfrentando os inimigos da Fé, missionários expostos a serem devorados pelos canibais, virgens resistindo a perfídia de degenerados, Papas, como São Gregório VII morrendo no exílio, por praticar a justiça combater a iniquidade.

E, ai voltamos mais uma vez a Nosso Senhor que disse que devemos nos alegrar quando formos caluniados por causa d'Ele.

Sim, o verdadeiro cristão é atacado, perseguido, injuriado, incompreendido, mas ele e um predileto de Deus e sempre tem e terá a proteção da Mãe das Dores e das lágrimas, Nossa Senhora.

(Extraído do jornal "O Desbravador", Maio de 2001)

PS: Grifos meus.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...