terça-feira, 21 de setembro de 2010

Educação sobrenatural - Parte VI

EDUCAÇÃO SOBRENATURAL


PARTE VI - A ALMA

É fácil dar às crianças uma idéia da alma?
Não o dissimulemos: é missão árdua.

"A verdade mais difícil de fazer compreender é a de que temos uma alma mais preciosa que o nosso corpo". (Fénelon)

Como se deve proceder?
É Fenelon que no-lo diz: Eis o que preconiza no seu tratado Da educação das filhas, uma obra prima, que, na nossa opinião, está muito esquecida.

Dizei o vosso filho que já sabe discorrer:

- É a tua alma que come?
Se responder mal, não lhe ralheis; mas dizei-lhe suavemente que a alma não come. É o corpo, dir-lhe-eis, que come; é o corpo que é semelhante aos animais. Os animais têm espírito? Têm entendimento?
- Não, responderá a criança.
- Mas eles comem, continuareis, embora não tenham espírito. Vê bem que não é o espírito que come. É o corpo que toma os alimentos para se nutrir; é ele que caminha, é ele que dorme.
- E a alma que faz?
- Raciocina; conhece todo o mundo; gosta de certas coisas; há outras para que ela olha com aversão. Acrescentai, em ar de brincadeira:
- Vês esta mesa?
- Sim.
-Então conhecê-la?
-Sim.
-Vês bem que não é feita como esta cadeira; sabes bem que ela é madeira e que não é como o lar, que é pedra?
- Sim, responderá a criança.
Não vedes mais longe sem ter reconhecido, no tom da sua voz e nos seus olhos, que estas verdades tão simples a impressionaram. Depois dizei-lhes:
- Mas esta mesa conhece-te?
Vereis que a criança se põe a rir, como que a zombar desta pergunta. Não importa; acrescentai:
- Quem gosta mais de ti, esta mesa ou esta cadeira?
Continuará a rir. Prossegui.
- E a janela porta-se bem?
Depois procurando ir mais longe:
- E esta boneca responde-te, quando lhe falas?
- Não.
- Porquê? Ela não tem espírito?
- Não, não tem.
-Então não é como tu: porque tu conhecê-la, e ela não te conhece. Mas depois de tua morte, quando estiveres debaixo da terra, não serás como esta boneca?
- Sim.
- Não sentirás mais nada?
- Não.
- Não conhecerás mais ninguém?
- Não.
- A tua alma estará no céu? [Se alcançar a santidade]
- Sim.
- Não verás aí Deus?
- É verdade.
- E a alma da boneca onde está?

Vereis que a criança, sorrindo vos responderá, ou pelo menos vos dará a entender que a boneca não tem alma.
(Fenelon, A educação das filhas, cap. VI)

Pode dar-se à criança uma idéia da espiritualidade da alma?
"Eu creio que o meio melhor e mais simples de fazer conceber esta espiritualidade de Deus e da alma é fazer-lhe notar a diferença que há entre um homem morto e um homem vivo. Num só existe o corpo; no outro, o corpo está junto do espírito. Em seguida, é preciso mostrar-lhe que o que raciocina é bem mais perfeito do que o que só tem figura e movimento".
(Fenelon, ob. cit. cap. VI)

Como se pode ensinar às crianças a imortalidade da alma?
É ainda Fénelon que no-lo vai dizer:

"Fazei em seguida notar, por diversos exemplos, que nenhum corpo perece: separa-se somente: por exemplo, as partes da madeira queimada caem em cinza ou evolam-se em fumo. Portanto acrescentareis, se aquilo que não é em si mesmo senão cinza, incapaz de conhecer ou de pensar, nunca perece, com muito mais forte razão a nossa alma, que conhece e que pensa, nunca deixará de existir. O corpo pode morrer, isto é, pode deixar a alma e ficar em cinza; mas a alma viverá, porque pensará sempre."

(Catecismo da educação, pelo Abade René de Bethléem, continua com o post: A graça)

PS: Grifos meus.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...