quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Pensamento da noite de 01/02/2012


Infeliz vassalo o que fizeste com o teu Rei?

O retiraste do centro de tua alma e ali usurpastes para ti um lugar de honra, e acreditastes nos poderes humanos; na autoridade que não é tua e hoje sofres por colher os frutos de um egocentrismo amargo enquanto os ecos do fracasso atormentam tua consciência que por uma dádiva divina sobreviveu a este palácio pagão.

Mas ignoras tua consciência e cercado por teus erros ousa, num ato prepotente, culpar ao Rei, pois te consideras perfeito demais para errar... e sentado nesta cátedra gélida e imunda pelos teus pecados, observas atenciosamente o palácio que outrora era local de muita luz, hoje largado às escuras e infestado de bichos e novamente a consciência, ora santa ora carrasca, te faz pensar e num ato inaudito olhas para dentro de ti e te vê como realmente és, um miserável vassalo que nada és sem teu Rei.

Que momento único é o reconhecimento do nosso nada, pois conseqüentemente nos leva a compreender a grandeza de Deus. Aqui inicia-se a vida de intimidade...

E eis que naquele palácio um reflexo de luz dá vida ao que já não mais vivia e tuas lágrimas de arrependimento, miserável vassalo, lavam a cátedra que somente ao Rei pertence e teu clamor contrito e confissão de tuas culpas seduz este Rei que com poucas palavras te perdoa e o envolve com um olhar soberano, assumindo novamente Seu lugar neste palácio que é a tua alma.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...