quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Santa Gertrudes e a Confiança

Santa Gertrudes e a Confiança


Santa Gertrudes, monja do Mosteiro de Helfta, perto de Eisleben, na Saxônia, Alemanha, nasceu em 1256 e iniciou sua vida monástica aos 5 anos, tendo por mestra Santa Matilde de Hackeborn. Foi das maiores místicas medievais, morrendo aos 33 anos de idade, consumida menos pela doença do que pelo amor de Deus em que ardia. Entre outras virtudes, distinguiu-se pela virtude da confiança. Certa vez, tendo sofrido uma perigosa queda, sentiu-se tomada de grande alegria ao pensar que poderia, assim, partir imediatamente para Deus. Perguntaram-lhe se não temia morrer sem os sacramentos, ao que respondeu:

"Em verdade", diz ela, "eu desejo de todo o meu coração receber os sacramentos. Mas a vontade e a ordem de meu Deus serão para mim a melhor e a mais salutar preparação... Eu irei para Ele, portanto, com alegria, seja morte súbita ou prevista, sabendo que de qualquer maneira a misericórdia divina não poderá me faltar, e que sem ela nós não seríamos salvos, qualquer que seja o gênero de morte." (Arauto do Amor Divino, Livro I, capítulo X)

Àqueles que procuram a Deus de todo o coração, tudo concorre para o seu bem. Eis a grande lição que devemos recolher deste episódio e aplicá-la aos tempos em que vivemos, onde tantas almas se vêem privadas dos sacramentos, na espera de uma nova legião de sacerdotes fiéis. Rezemos, pois, pelas vocações, mas saibamos deixar tudo nas mãos da Providência Divina que nunca falta.

Fonte: Site Mosteiro da Santa Cruz. Boletim nº 3, setembro de 1992, Doutrina monástica.

PS.: Grifos meus.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...