quinta-feira, 19 de agosto de 2010

HINO À VONTADE DE DEUS

HINO À VONTADE DE DEUS
(Santa Teresa d’Ávila)


Sou Vossa, Sois o meu fim:
Que mandais fazer de mim?
Vossa sou, pois me criastes;
Vossa, porque me remistes,
Vossa, porque me atraístes
E porque me suportastes;
Vossa, porque me esperastes
E me salvastes por fim:
Que mandais fazer de mim?

Morte dai-me, ou dai-me vida;
Saúde ou moléstia dai-me;
Honra ou desonra mandai-me;
Dai-me paz ou guerra e lida.
Seja eu fraca ou destemida,
A tudo direi que sim:
Que mandais fazer de mim?

Se quereis, dai-me oração;
Se não, dai-me soledade;
Abundância e devoção,
Ou aridez e esterilidade.
Soberana Majestade,
A paz só encontro assim:
Que mandais fazer de mim?

Se me quereis descansando,
Por amor o quero estar.
Se me mandais trabalhar,
Morrer quero trabalhando.
Dizei: onde? como? e quando?
Dizei, doce Amor, por fim:
Que mandais fazer de mim?


(Poesia extraída da obra: Teresa de Jesus,
Filha da Igreja, Filha do Carmelo,
publicada pelo Instituto de Espiritualidade
Tito Brandsma, S. Paulo. Páginas 90-91)

PS: Recebido por e-mail.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...