sábado, 10 de março de 2012

Rosa vermelha - aos pecadores

Nota do blogue: Acompanhe este Especial AQUI.


É a vós, pobres pecadores e pecadoras, que um pecador ainda maior oferece esta rosa, tingida do sangue de Jesus Cristo, para vos florescer e salvar. Os ímpios e os pecadores impenitentes gritam todos os dias: “Coronemus nos rosis”(1), coroemo-nos de rosas. Cantemos nós também: Coroemo-nos com as rosas do Santo Rosário. 

Ah, quão diferentes são as suas rosas das nossas! As suas rosas são os seus prazeres carnais, as suas honras vãs, as suas riquezas efémeras, que logo estarão murchas e corroídas; mas as nossas, que são o Pai-nosso e a Ave-maria bem rezados, a par das nossas boas obras de penitência, não murcharão, nem morrerão jamais e a sua luz será tão brilhante agora como daqui a cem mil anos. 

As rosas a que eles aspiram mais não têm que aparência de rosas, mas não são no fundo apenas espinhos pontiagudos prendendo a vida pelos remorsos de consciência, penetrantes na hora da morte pelo arrependimento e flamejantes por toda a eternidade pela raiva e pelo desespero. 

Se nossas rosas têm espinhos, são os espinhos de Jesus Cristo que converte nossos espinhos em rosas. Se nossas rosas picam, não picam senão para nos curar do pecado e nos salvar. 

Coroemo-nos à porfia dessas rosas do paraíso, rezando todos os dias um Rosário, ou seja três terços de cinco de dezenas cada um, que são como três pequenas grinaldas de flores ou coroas: 

1) para honrar as três coroas de Jesus e de Maria, a coroa de graça de Jesus em Sua encarnação, a coroa de espinhos da Sua paixão e a Sua coroa de glória no Céu, e a tripla coroa que Maria recebeu no Céu da Santíssima Trindade; 

2) para receber de Jesus e de Maria três coroas, a primeira de mérito durante a vida, a segunda de paz na hora da morte e a terceira de glória no Paraíso. 

Se fordes fiéis em rezá-lo devotamente até à morte, malgrado a gravidade dos vossos pecados, crede em mim: “Percipietis coronam immarcescibilem”(2), vós recebereis uma coroa de glória que jamais murchará. Se estiverdes sobre a borda do abismo, se tiverdes já um pé no inferno, se houverdes vendido a alma ao diabo como um feiticeiro, se fordes um herege empedernido e obstinado como um demônio, converter-vos-eis mais cedo ou mais tarde e salvar-vos-eis, contanto que, repito-o e sublinho as minhas palavras, rezeis todos os dias devotamente o Santo Rosário, até à hora da morte, para conhecer a Verdade e obter a contrição e o perdão dos vossos pecados. Neste livro encontrareis muitas histórias de grandes pecadores convertidos pela virtude do Santo Rosário. Lede-as e meditai-as. 

(1) Sb 2: 8 “Coroemo-nos de botões de rosas.” 
(2) 1 Pe 5: 4 “Recebereis a coroa imperecível de glória.”

(O Segredo Admirável do Santíssimo Rosário por São Luís Maria G. de Montfort)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...