terça-feira, 15 de maio de 2012

Pensamento da noite de 15/05/2012


"Ó Mãe! Nós podemos chorar de alegria junto ao Vosso trono, mas lágrimas vertidas assim não são como aquelas que podemos derramar ao Vos ver sobre o Calvário: não nos aliviam tanto. Quando vemos Vossa doce e triste face, onde se estampa toda a dor maternal, as lágrimas que Vos correm, Vossa calma em meio a males tão grandes, a sombra escura que sobre Vós se abate, chega a parecer então que Vos encontramos após um longo tempo de perdida, e que sois uma Maria diferente daquela maravilha que os céus admiram; e então mais Vós nos pareceis uma Mãe sobre o cimo pouco elevado do Calvário, do que quando Vos vemos sobre as alturas inacessíveis do Céu." (Padre Faber)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...