terça-feira, 30 de agosto de 2011

O SANTO ROSÁRIO


O SANTO ROSÁRIO
----*+*---- 


O santo Rosário é certo modo de orar, pelo qual se consideram os quinze principais mistérios de nossa santa Religião, rezando-se a cada um destes mistérios um Padre Nosso, dez Ave-Marias e um Gloria Patri.

Introduziu-se, porém, o costume de recitar por dia somente um terço, isto é, cinco mistérios.

A devoção do santo Rosário foi revelado por Maria Santíssima a São Domingos, como meio eficacíssimo para combater as heresias, sustentar a fé, acender o amor de Deus e a caridade nos coração dos fiéis e para obter as bênção do céu sobre todo o povo cristão. E já são inumeráveis os favores, as graças e bênção celestes que foram alcançadas pela prática desta devoção, tão agradável a nossa Mãe celestial, e tão atraente, quando se tem o coração puro. Os Sumos Pontífices enriqueceram a devoção do santo Rosário com muitíssimas indulgências, aplicáveis às almas do purgatório.

Mas para se lucrarem estas indulgências é preciso a contemplação dos respectivos mistérios.

Modo de recitar o santo Rosário.

No princípio reza-se o Creio em Deus Padre... (como profissão da fé que é a disposição mais necessária para a eficácia da oração.) Um Padre Nosso, três Ave Marias e um Gloria Patri (em honra das três pessoas da SS. Trindade, e para alcançar aumento de fé, esperança e caridade). 

Depois devem-se rezar os mistérios seguintes:

Mistérios Gozosos.
(Para as segundas e quintas-feiras.)

I. Mistério.
A encarnação do Verbo Divino.
Neste primeiro mistério se considera, como o Arcanjo São Gabriel é enviado à Virgem imaculada para anunciar-Lhe que, permanecendo sempre Virgem, seria Mãe do Filho de Deus, o qual, então se fez homem, para nos salvar.
1 Padre Nosso, 10 Ave Marias e 1 Gloria Patri.

II. Mistério.
A visita de Nossa Senhora a Santa Izabel
Neste segundo mistério se considera, como Maria Santíssima visita a Sua prima Santa Izabel, demorando-se com ela três meses, servindo-a como humilde serva, santificando Jesus, nesta ocasião, a Seu precursor São João Batista.
1 Padre Nosso, 10 Ave Marias e 1 Gloria Patri.

III. Mistério.
O nascimento de Nosso Senhor Jesus Cristo.
Neste terceiro mistério se considera, como Jesus Salvador do mundo nasce à meia noite em Belém, e é colocado por Maria Santíssima, Sua Mãe, num presépio.
1 Padre Nosso, 10 Ave Marias e 1 Gloria Patri.

IV. Mistério.
A apresentação de Jesus no templo.
Neste quarto mistério se considera, como a Virgem puríssima apresenta Seu divino Filho no templo e O põe nos braços do santo velho Simeão.
1 Padre Nosso, 10 Ave Marias e 1 Gloria Patri.

V.Mistério.
A invenção do menino no templo.
Neste quinto mistério se considera, como a Virgem Santíssima, tendo perdido o menino Deus que então era da idade de doze anos, O acha no templo entre os doutores.
1 Padre Nosso, 10 Ave Marias e 1 Gloria Patri

No fim de cada terço reza-se a Ladainha de Nossa Senhora e a Salve Rainha.

-*-
Mistério dolorosos.
(Para as terças e sextas-feiras.)

I. Mistério.
A agonia de Jesus no horto das Oliveiras.
Neste primeiro mistério se considera, como Nosso Senhor Jesus Cristo derrama suor de sangue em agonia no horto das Oliveiras.
1 Padre Nosso, 10 Ave Marias e 1 Gloria Patri.

II. Mistério.
A flagelação de Jesus.
Neste segundo mistério se considera, como o inocentíssimo Jesus, em expiação dos nossos pecados, é cruelmente açoitado em casa de Pilatos.
1 Padre Nosso, 10 Ave Marias e 1 Gloria Patri.

III. Mistério.
O tormento da coroa de espinhos.
Neste terceiro mistério se considera, como o divino Salvador é coroado com agudíssimos espinhos.
1 Padre Nosso, 10 Ave Marias e 1 Gloria Patri.

IV. Mistério.
Jesus Cristo no caminho da Cruz.
Neste quarto mistério se considera, como o Filho de Deus leva aos ombros, por nosso amor, o pesado lenho da Cruz até o monte Calvário.
1 Padre Nosso, 10 Ave Marias e 1 Gloria Patri.

V. Mistério
A morte de Jesus no Calvário.
Neste quinto mistério se considera, como Nosso Senhor e Salvador é despido de Seus vestidos, pregado na Cruz com duros cravos, e nela expira, em presença de Sua aflitíssima Mãe.
1 Padre Nosso, 10 Ave Marias e 1 Gloria Patri.

-*-
 Mistérios gloriosos.

(Para as quartas-feiras e domingos.)

I. Mistério.
A ressurreição de Jesus Cristo.
Neste primeiro mistério se considera, como Nosso Senhor Jesus Cristo, ao terceiro dia depois de Sua Paixão e morte, ressuscita glorioso e triunfante.
1 Padre Nosso, 10 Ave Marias e 1 Gloria Patri.

II. Mistério.
A gloriosa ascensão de Jesus.
Neste segundo mistério se considera, como Nosso Senhor Jesus Cristo, quarenta dias depois de Sua gloriosa ressurreição, sobe ao céu com admirável triunfo.
1 Padre Nosso, 10 Ave Marias e 1 Gloria Patri.

III. Mistério.
A vinda do Espírito Santo.
Neste terceiro mistério se considera, como desce do céu o Espírito Santo sobre os Apóstolos, reunidos com Maria Santíssima no cenáculo de Jerusalém, onde por ordem de Jesus, permaneciam em oração.
1 Padre Nosso, 10 Ave Marias e 1 Gloria Patri.

IV.Mistério.
A assunção de Maria Santíssima ao céu.
Neste quarto mistério se considera, como a Virgem imaculada e Mãe de Deus, depois de Sua morte preciosíssima, é levada ao céu, pela virtude divina de Seu Filho.
1 Padre Nosso, 10 Ave Marias e 1 Gloria Patri.

V.Mistério.
A coroação de Maria no céu.
Neste quinto mistério se considera, como a Virgem Maria foi coroada, pela Santíssima trindade, Rainha dos Anjos e dos homens, ficando ao mesmo tempo Mãe carinhosa e doce refúgio de todos os pobres pecadores.
1 Padre Nosso, 10 Ave Marias e 1 Gloria Patri.

----*+*----

(Retirado do livro "Adoremus: Manual de Orações e Exercícios Piedosos", de Dom Eduardo Herberhold, OFM, 1926, 15ª edição)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...