quinta-feira, 28 de abril de 2011

Devotos do Sagrado Coração de Jesus



... Um outro sequaz do pobre de Assis, no desprezo das verdades mundanas, no amor da vida penitente e na contemplação do mistério da Cruz, foi o Beato Jacopone de Todi (+ 1306). Na seleta das suas poesias sacras, achamos pedaços, em que nos fala do amor do Coração de Jesus pelas almas e do incêndio da caridade ateado na sua alma.

Citamos dentre elas algumas estrofes:

Olha-Me esposa um momento
Nu na Cruz pregado
Com tão horrível tormento
Para dar-te em alimento Meu divino fogo.

No Meu Coração estais escrita
Com letras de sangue;
Porém se torna exangue
Por tua causa, morre pouco a pouco.

Teu amor Me forçou
A este mundo baixar;
Com Meu Coração Santo e puro
A morte não pôde acabar.

Em outro canto:

Ó alma bendita
Do Supremo Criador,
Olha que teu Senhor
Espera-te Crucificado.

Observa aquela chaga
Que tem ao lado direito;
Vê o sangue no Seu peito
Que teu delito paga.

Pensa que Eu fui aflito
Por uma lança cruel
E tive por cada fiel
O Coração transpassado.

Em um outro:

Vôa ao alto coração enamorado
Passa e vai ardente ao Redentor
E vai ao lado
Que conserva a ferida por amor;
Entra até o Coração com grande ardor
Depois não sai por coisa vã
Dessa doce fonte
Que toda gente cura e faz sarar.

(Sorio - Poesias escolhidas - Verona 1838.)

(Citado no livro: Eu Reinarei, a devoção ao Sagrado Coração de Jesus no seu desenvolvimento histórico, pelo Pe. Fernando Piazza, da ordem de São Camillo, obra traduzida pelo Dr. Alberto Saladino Figueira de Aguiar; impresso nas "Escolas profissionais do Lyceu Coração de Jesus", ano de 1932.)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...