domingo, 2 de abril de 2017

TALCO E ROSA

Fui ao asilo assistir à missa e subi até à capelinha de Nossa Senhora que é cuidado por uma freira idosa com muito esmero. Abri a porta com muito cuidado, pois vi que ela estava ajoelhada rezando diante do Santíssimo. Nas pontas dos pés eu me ajoelhei bem atrás e a observei... já com seus quase 90 anos, pele com toque de talco — de tão clara —, face e mãos enrugadas pelos anos e fardo da vida, lá estava ela, a passar as contas de um rosário com os olhos fixos em Deus.

Ela se sentou, com rosto sofrido, creio que estava com dor e percebeu que alguém estava ali, se virou e me viu. Sorri e ela me disse: — Oi minha filha! e voltou a passar o rosário entre os dedos tortos e enrugados. Um cheiro de rosa pairava naquele lugar, não sei se era do talco ou do coração daquela velha freira que labutava pelas almas, ali em silêncio e na solidão daquele asilo...

Letícia de Paula
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...