segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

ESPÍRITO DE SACRIFÍCIO


"Tudo esmorece, tudo se estiola, tudo morre na criança a quem nada se recusa". (Mons. Gibier, A desorganização da família, pág. 315)

Numa sociedade hedônica falar de espírito de sacrifício é quase uma loucura, mas, somente dessa forma uma criança terá bases e meios de ser feliz nessa vida.

A felicidade não consiste no prazer sensível e sim em cumprir a vontade de Deus nesse Vale de Lágrimas, e o sofrimento nessa vida é algo inevitável para um cristão. Conseguiremos suportar o sofrimento apenas através do espírito de sacrifício, um sacrifício feito por amor a Deus. 

Esse espírito é incutido nas almas em idade tenra, quando a formação do caráter e espiritual estão em andamento, e isso cabe aos pais, que, através de conversa, oração e atos moldarão o ser infantil.

Alguns exemplos práticos:

1. Recusar um desejo do filho, explicando que aquele sacrifício da vontade será para aliviar os doentes, se assim for do agrado de Deus.

2. Um dia da semana ficar sem sobremesa para que algumas almas do purgatório recebam alívio.

3. Separar R$ 10,00 da mesada para comprar uma marmita para um pobre na rua.

Letícia de Paula
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...