quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Autoridade dos pais



Uma forma muito comum de se perder a autoridade diante dos filhos são as inúmeras intervenções sem muito critério. Exemplifico.

Uma mãe que passa o dia todo brigando com o filho, "Pedro, não suba na cadeira", "não beba água gelada", "eu estou mandando desligar essa TV", "Pedro, pare agora com essa gritaria", etc. Essas intervenções, geralmente feitas em alto tom, só servem para desautorizar os pais perante os filhos.

Se um dia a mãe for intervir por algo realmente de critério como numa mentira cometida ou pelo fato dos filhos não quererem ir à missa, eles não darão grande importância e não saberão distinguir a gravidade de uma falta leve e uma grave.

O ideal é sempre conversar com os filhos, abaixados (na altura deles) e em tom suave de voz, explicando o que você quer deles, com autoridade mas também suavidade e quando precisar intervir com mais pegada, se assim posso dizer, eles perceberão que determinado assunto tem sua gravidade.

Mas ainda sim, gritos e descontrole não são permitidos, pois só servem para desautorizar os pais.

Letícia de Paula
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...