segunda-feira, 25 de abril de 2016

5 — Orações de S. Afonso Maria de Ligório

Nota do blogue: Acompanhe esse Especial AQUI.


5 — Orações de S. Afonso Maria de Ligório


I — Ó Santo Anjo da minha Guarda, quantas vezes com os meus pecados não vos obriguei a cobrir a face! Rogo-vos que mo escuseis, e que deles me impetreis o perdão junto a Deus, enquanto da minha parte proponho jamais desgostar a Deus ou a vós com as minhas faltas. “Anjo de Deus, que sois…”
II — Ó quanto vos agradeço, ó Anjo da minha Guarda, das luzes que me haveis comunicado! Quem me dera vos houvesse sempre obedecido! Ai, continuai a iluminar-me, repreendei-me em minhas quedas, e não me abandoneis até o último momento de minha vida. Anjo de Deus…
III — Agradeço-vos, ó príncipe do Paraíso, Anjo meu, pois por tantos anos assististes junto de mim! Tenho-me esquecido de vós, mas não vos esquecestes de mim. Quem sabe quanto me resta de viagem para entrar na eternidade. Ah, Anjo da minha guarda, guiai-me vós pelo caminho do céu, e não deixeis de me assistir, enquanto não me virdes eterno companheiro vosso no Reino bem-aventurado. Anjo de Deus…[1]


[1]     Da meditação para a festa dos santos Anjos da Guarda.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...