quarta-feira, 2 de março de 2016

16 — Com que alegria vai o Santo Anjo da Guarda contando os nossos passos

Nota do blogue: Acompanhe esse Especial AQUI.


16 — Com que alegria vai o Santo Anjo da Guarda
contando os nossos passos
 

A inveja, diz a definição do catecismo, é uma tristeza que se sente pelo bem alheio. É, portanto, pecaminosa, baixa, indigna. Da mesma forma, é das almas bem formadas, das almas generosas e dos espíritos superiores o alegrar-se com o bem do próximo. Os que amam o Reino de Deus, sobretudo, alegram-se com o seu progresso, verifique-se ele onde quer que seja, e por meio de quem quer que for.
Os Santos Anjos da Guarda nada têm mais a peito que o progresso do Reino de Deus, pois, como diz S. Paulo “são todos enviados para auxílio daqueles que se destinam à herança da salvação” (Hebr. I, 14). Por isto, com alegria vai contando as nossas vitórias e todos os passos que damos na demanda do Santo Reino de Deus, que é o Céu.

Conta-se, a propósito, que vivia um monge do deserto tão longe das fontes de água potável, que longa caminhada tinha que fazer todos os dias para fornecer do precioso líquido a sua solitária morada. Cansado, entretanto, de fazer todo dia o mesmo comprido caminho, pensou consigo o que segue. “Ora, por que haverei eu de me dar tanto trabalho para fornecer-me de água, se posso fazer a minha cela à beira da fonte límpida?” Assim pensava com o seu cântaro ao ombro a caminho da cela, e já estava a resolver-se à mudança, quando ouviu alguém, atrás dele, lhe ia contando os passos. Voltou-se, e viu um Anjo. Este lhe contava os passos, porque do número de passos dependia maior glória no céu… Aprendeu a lição. E derrubou a cela no lugar onde até então vivia, para transportá-la para mais longe ainda da fonte. E andou avisado.[1]
Lembrem-se deste exemplo os nossos jovens leitores. É longe a igreja, a escola, a congregação? Tanto melhor. Quantos mais passos, tanto maior recompensa no céu e maior progresso na virtude, tanto maior alegria do nosso santo e bom Anjo da Guarda.

[1]     Cavalca, Volgarizzamento delle vite dei s.s. Padri, Vite diverse, p. III, cap. XL.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...