quarta-feira, 7 de outubro de 2015

Proteção ao corpo

Nota do blogue: Acompanhe esse Especial AQUI.


2 — Proteção ao corpo 

Também o nosso corpo está exposto a perigos neste mundo e por isto também ele é objeto dos cuidados dos santos Anjos da Guarda. Não somente de luz das almas e sua guarda “illuminatores animarum, custodes earum”, os apelidaram os escritores eclesiásticos, mas também de zeladores dos nossos corpos e defensores dos nossos bens “zelatores corporum, defensores bonorum.”[1]
São frequentes os passos da Sagrada Escritura em que os anjos aparecem protegendo visivelmente a vida, os haveres ou a fama dos seus devotos.
Mas este não é o modo mais comum de proteger-nos. Igual proteção eles nos dispensam sem que se nos mostrem aos olhos do corpo. E é tão eficaz e salutar quanto à que dispensavam fazendo-se visíveis e palpáveis. É-lhes, pois aplicável a sentença de Sêneca, a saber, que faz parte do benefício, o oculto e o segredo em que ele é feito.

Cheia, com efeito, está a nossa vida desses ocultos favores. Quantas e quantas vezes, principalmente em nossa mais tenra idade, não arrostamos perigos de que ainda não sabemos como saímos ilesos! A quem atribuir tão manifesta, ainda que oculta proteção? Àquele Anjo de Deus que, conosco está para proteger-nos a alma e o corpo.
E, de certo que uma das grandes satisfações que teremos no céu será a de conhecer este oculto e constante amigo de toda a nossa vida, assim como os inúmeros benefícios que nos fizeram. E como crescerá então a nossa amizade para com este bem-aventurado espírito! Que dulcíssima e eterna amizade, sob os olhares do Pai Celeste, em companhia de todos os santos de Deus!

[1]     Assim o autor dos sermões ad fratr. in cr., serm. 46
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...