sexta-feira, 2 de outubro de 2015

O OBJETO DOS CUIDADOS DOS SANTOS ANJOS / A nossa alma

Nota do blogue: Acompanhe esse Especial AQUI.


Capítulo III 

O OBJETO DOS CUIDADOS DOS SANTOS ANJOS 

É bem que reflitamos aqui: será o homem digno objeto, da tão assídua solicitude desses nobilíssimos espíritos?
É certo, de fé, que somos objeto de tal solicitude: “Deus mandavit de te.” Objeto, pois, dos seus cuidados é o nosso corpo com todos os seus sentidos e a nossa alma com as suas potências.
E por que? Porque Deus quer salvar-nos. 

1 — A nossa alma 

Aproximemos a nossa alma do anjo: que diferença entre uma e outro? Apenas que a alma foi criada para o corpo e o anjo não. Mas ela tão preciosa como ele, debaixo do ponto de vista da sua origem — criada à semelhança de Deus — e do seu destino, a visão de Deus, tal como o anjo.
É verdade que há uma diferença essencial entre a alma e o anjo: o anjo é um ser completo em si mesmo, e a alma não. A alma foi criada para o corpo, diz relação essencial para com o corpo que informa, que anima, que vivifica. A alma constitui, juntamente com o corpo, um único ser, que é o homem. A alma, portanto, não é um ser completo em si mesmo. É como que parte de um ser — ainda que parte precípua e que traz em si a especificação da natureza que ela integra.

O ponto de vista sobrenatural, entretanto, é o que mais nos interessa aqui. Que diferença há, pois, debaixo deste ponto de vista, entre o anjo e o homem? A sua origem e o seu fim, já o dissemos, são idênticos. Há, entretanto, uma diferença profunda, entre o anjo prevaricador e o homem pecador. O anjo prevaricador é castigado imediatamente após a prevaricação, e é desviado para sempre do seu fim. Para ele não há mais perdão, nem possibilidade de consegui-lo. O homem pecador é também castigado imediatamente após o seu pecado, mas não com um castigo eterno. Nem tão pouco foi desviado para sempre do seu fim. Para ele haverá ainda perdão. Uma só palavra, dita de coração, exprimindo a dor d’alma por haver ofendido a Deus, pode reaviá-lo. Quando Davi reconheceu o seu pecado disse somente esta palavra: peccavi, pequei. E, imediatamente, o profeta: “e o Senhor tirou o teu pecado.” Estás perdoado. Estás novamente a caminho do céu…
Certamente contribui para esta diferença de tratamento de Deus para com uns e outros a mesma natureza do anjo e do homem. Mas, não podemos menos deduzir daí a preciosidade da alma humana, que Deus se empenha tanto em salvar. Seu Filho, Jesus Cristo Nosso Senhor, fez-se nosso resgate. E que resgate!… Que resgate pagou ao Pai celeste para reaver-nos!
Mas outras considerações há mais consentâneas ao assunto. A alma humana está entregue à guarda de um príncipe da corte celeste. “Oh como é grande a dignidade das almas, exclama S. Jerônimo, confiadas, desde o primeiro instante do seu nascimento, a um anjo, especialmente delegado para guardá-la!” (In Matth.).
Como é grande a sua dignidade, e como é grande a sua preciosidade! Pela dignidade e posição da guarda se pode avaliar a preciosidade do objeto guardado. Os chefes de governo andam cercados das mais altas patentes do seu exército, e os bancos usam de todas as precauções para ter em segurança as suas casas fortes. Por que? Porque um chefe de governo é algo de precioso para uma nação, e os depósitos dos bancos dão aos bancos o valor que têm. Assim a nossa alma. Inúmeras são as precauções que a Santa Igreja toma para conservá-la em estado de graça e poder conduzi-la ao céu, inúmeras as ajudas que o próprio Criador lhe concede.
A ti, jovem cristão, a ti, congregado mariano, cabe aproveitar dessas precauções e ajudar-te desses auxílios. Não ignoras quanto é preciosa a tua alma. Pois bem, se por ti só não podes salvá-la, salvá-la-ás se quiseres aproveitar dos meios que Deus te oferece para isto. Dentre estes, um dos mais sólidos e profícuos é a devoção ao teu anjo da guarda, que sabes estar constantemente junto de ti. Que farás para lhe teres verdadeira devoção? É o que te diremos em outra parte deste livrinho.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...