segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Aniversário de batismo...

Aniversário de batismo...


Em casa pões uma nota festiva quando se apresenta o aniversário de teus pais. Tuas amigas não ficam esquecidas quando a vida lhes rouba mais um não. E até estás bem lembrada do aniversário de algum rapaz, com o qual apenas simpatizas e cuja ausência te causa um mau estar, e te deixa de mau humor.
Quero lembrar-te um aniversário de alto valor para a cristã: o aniversário de teu batismo.

São Vicente Ferrer, todos os anos, mandava celebrar uma missa na capela em que fora batizado, em Valença, S. Luiz, o santo rei da França, fazia-se chamar Luiz de Poissy, em memória do lugar que o vira tornar-se filho de Deus pelo batismo.

De fato, leitora, foi um grande dia em tua vida, esse de teu batizado. Marcou tua feliz redenção do pecado original; viu-te consagrada em templo de Deus; trouxe-te o título e a glória de uma filha de Deus; elevou-te a uma vida sobrenatural e conferiu-te o direito à glória no reino de Deus. Foi ele que te levou às mãos da Igreja, tua santa e sempre solícita mãe espiritual.
Desse dia data o nome que tens, o nome com que tua mãe sonha e devaneia.

Procura saber em que dia cai esse grande acontecimento. Marca-o para o celebrares com verdadeira unção cristã. Teus pais gostam de celebrar teu aniversário natalício. E Deus gosta imensamente mais de festejar contigo teu nascimento para a glória eterna.

Muita coisa podes perguntar a ti mesma, nesse aniversário. Pergunta, por exemplo, pelo sinal da cruz, traçado sobre teu peito e tua testa. Indaga da vela acesa - símbolo de tua fé - que colocaram em tuas mãozinhas de criança. Ainda sentes o clarão em tua vida?

E a veste cândida, simbolizada pela toalha? Veste de inocência, veste de candura! A todas as perguntas alguma voz dentro de ti responderá com exatidão.

Como vês, há assunto bastante para encheres o dia abençoado de teu batismo... Não te esqueças: foi o maior dia em tua vida! Engrandece-te celebrando-o, agradecendo a Deus tudo quanto recebeste nas águas do batismo.

(Audi Filia! páginas para Moças, pelo Pe. Geraldo Pires de Souza, 3ª edição; editora Vozes, 1935)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...